Brasília,
Home » Destaque » Embaixador do Irã na ONU: Ocupação, terrorismo, limpeza étnica causas de tráfico humano

Embaixador do Irã na ONU: Ocupação, terrorismo, limpeza étnica causas de tráfico humano

Publicado por: Redação Irã News
Autor:
Publicada em 17/03/2017 às 08:32
Share Button
Foto:
O embaixador e representante permanente do Irã junto às Nações Unidas, Gholamali Khoshroo, apontou a ocupação, as guerras de atrito, o terrorismo e a limpeza étnica como as principais causas do tráfico de seres humanos.

Ao abordar o debate de quarta-feira do Conselho de Segurança sobre o Tráfico de Pessoas em Situações de Conflito, Khoshroo disse que o tráfico de pessoas, o abuso sexual e a escravidão são casos de grandes desafios internacionais.

Certamente, o embaixador sublinhou, um fenômeno tão sinistro (tráfico de seres humanos) também é resultado das políticas agressivas e interferentes que, por sua vez, levarão a ondas crescentes de imigrantes, requerentes de asilo e atividades de traficantes de seres humanos .

O principal dever do Conselho de Segurança é lutar contra esses fenômenos, não contra seus resultados, observou o embaixador .

Se o Conselho de Segurança da ONU levar em consideração apenas os resultados dessas políticas , não será bem-sucedido no combate aos desafios globais para esse fim, acrescentou Khoshroo .

As situações críticas na região do Oriente Médio e na África do Norte provocaram a criação de forças armadas e grupos terroristas ilegais e, consequentemente enfraqueceram os governos legítimos de lá, sublinhou.

Os grupos terroristas e extremistas, inclusive Daesh, têm como alvo minorias religiosas e étnicas,em particular mulheres e crianças , acrescentou Khoshroo descrevendo as atividades desses grupos como massacre, crimes de guerra  contra a humanidade .

O primeiro passo para resolver o problema é respeitar plenamente a natureza da soberania dos países baseada na Carta das Nações Unidas e o próximo passo é respeitar os direitos dos requerentes de asilo e dos imigrantes e fazer cessar as violações e as provocações Ações contra as minorias religiosas e étnicas.

O embaixador concluiu sua intervenção apelando à cooperação internacional no âmbito do Quadro Internacional de Ação para Implementar o Protocolo do Tráfico de Pessoas já aprovado pela ONU.

 

Comments

comments

ESPORTE

COLUNISTAS

VIDEOS