Brasília,
Home » Destaque » Europeus apoiam o pacto nuclear de Teerã-G5 + 1

Europeus apoiam o pacto nuclear de Teerã-G5 + 1

Publicado por: Redação Irã News
Autor:
Publicada em 06/03/2017 às 11:26
Share Button
Foto:
“As posições da União Europeia (UE) e os países europeus na JCPOA [acrónimo do Plano Integrado de Ação Conjunta] são claras e são patrocinadores e partes de JCPOA”, sublinhou segunda-feira o porta-voz Ministério das Relações Exteriores iraniano, Bahram Qassemi.
Em declarações feitas durante a sua conferência de imprensa semanal, Qassemi referiu-se ao fato de que os países europeus fazem parte de negociações nucleares entre Teerã e o G5 + 1 (que inclui os EUA, Reino Unido, Rússia, China e França, mais a Alemanha) e observou que o Ministério do Exterior do Irã ainda não recebeu qualquer informação sobre que a Europa tem a intenção de pressionar Teerã.
Com estas palavras, respondeu à pergunta de um jornalista relativo a algumas notícias que os europeus querem que os EUA pressione o Irã em assuntos não relacionados com a JCPOA, acrescentou que, de fato, é o oposto, os europeus estão preocupados com as intenções de Washington.
Os europeus acrescentou o porta-voz, estão dispostos a aumentar a sua cooperação com a República Islâmica do Irã, e as visitas de diferentes delegações europeias ao Irã são um exemplo.
Em outra parte em suas observações, Qassemi descreveu como “importante” reunião “no momento apropriado” pelos presidentes do Irã e da Turquia, Hassan Rouhani e Recep Tayyip Erdogan, respectivamente à margem da 13.ª cimeira da Organização de Cooperação Econômica (ECO, em Inglês), realizada em Islamabad (capital do Paquistão).
Nesta reunião acrescenta Qassemi, as partes falaram de forma “explícita” dos acontecimentos regionais e internacionais em um momento de alta tensão entre Teerã e Ancara, e embora não tivessem chegado a acordo sobre todas as questões abordadas, fizeram chegar a uma posição comum sobre alguns deles.
De acordo com o diplomata iraniano, Rouhani e Erdogan concordaram que as autoridades de ambos os países discutissem questões bilaterais antes de falar com a imprensa.
E eles também concordaram com os resultados positivos das colaborações e conversas entre Teerã, Ancara e Damasco para resolver a crise na Síria nas negociações Astana (capital do Cazaquistão).

Pars Today

 

Comments

comments

ESPORTE

COLUNISTAS

VIDEOS