Brasília,
Home » Destaque » Meta do Irã: reforçar cooperação marítima com a Rússia

Meta do Irã: reforçar cooperação marítima com a Rússia

Publicado por: Redação Irã News
Autor:
Publicada em 14/03/2017 às 07:47
Share Button
meta Foto:
© AP Photo/ Fars News Agency, Mahdi Marizad
Os horizontes do desenvolvimento da cooperação russo-iraniana se abrangem. Irã busca fortalecer “uma boa e construtiva” cooperação marítima com a Rússia, disse o capitão e comandante de uma flotilha de navios de guerra iranianos, Mohsen Sheidayee, que está visitando Makhachkala, cidade russa próxima ao mar Cáspio.

De acordo com Sheidayee, “o objetivo desta viagem é fortalecer uma boa e construtiva cooperação, com ênfase no fortalecimento da paz”.

Sobre como pode ser esta cooperação marítima, em uma entrevista à Sputnik Persa, especialistas russo e iraniano expressaram suas opiniões, concordando que a esfera de interação marítima seria, em primeiro lugar, o mar Cáspio.

Assim, Vladislav Shurygin, especialista militar do Clube Izborsk e vice-editor-chefe do jornal Zavtra, observou que esta cooperação marítima do Irã e da Rússia pode ser desenvolvida em pelo menos duas direções: realização de exercícios militares conjuntos no mar Cáspio e desenvolvimento da prática de visitas amistosas das marinhas dos dois países aos portos das mesmas:

“Já que Rússia e Irã unem espaço marítimo comum — Cáspio, então é claro que estão destinados a cooperar. Nós não temos reivindicações territoriais entre si e não temos zonas de conflito, por isso podemos muito bem garantir a paz e tranquilidade na região do Cáspio. Por conseguinte, neste caso, haverá exercícios navais e ações conjuntos a fim de proteger os recursos biológicos e reforço de contatos humanitários. É uma prática comum adotada no mundo, se os países não têm zonas de conflito, com frequência, são realizadas visitas entre si. No nosso caso, trata-se das marinhas no Mar Cáspio aos portos de cada uma.”

Outro entrevistado da Sputnik Persa, o diretor do Centro de Pesquisa do Conselho Estratégico da Eurásia sobre a viabilidade, Mahmoud Shoori, observou que a cooperação estreitíssima das Marinhas do Irã e da Rússia poderia garantir a paz, estabilidade e segurança no mar Cáspio:

“O Irã e a Rússia possuem experiências satisfatórias na cooperação marítima no mar Cáspio. São realizados exercícios navais conjuntos, bem como visitas amistosas das marinhas dos países aos portos de cada uma delas. Não se esqueça sobre o fato de que é necessário reforçar o nível de segurança e proteção da região do mar Cáspio. Nenhum país pode consegui-lo sozinho, apenas através de esforços conjuntos. Portanto, a boa vizinhança entre os nossos países dita as regras. Além disso, Irã e Rússia possuem as frotas mais poderosas entre os países do mar Cáspio. Esse, também, é um elemento de dissuasão importante no caso de uma ameaça externa ou tensões regionais.”

O especialista acrescentou que a cooperação marítima entre os dois países propiciará a garantia de paz, estabilidade e segurança na região do mar Cáspio, bem como dificultará a agressão por parte de países terceiros.

“A cooperação realmente pode ser muito eficaz e construtiva. No passado, tivemos experiências satisfatórias em exercícios militares conjuntos, intercâmbio de experiências entre as marinhas e educação conjunta das equipes. Tais atividades são previstas no âmbito da cooperação marítima entre os nossos países”, concluiu.

Sputnik

Comments

comments

ESPORTE

COLUNISTAS

VIDEOS