Brasília,
Home » Destaque » O Irã está pesquisando a construção de submarinos de proporção nuclear

O Irã está pesquisando a construção de submarinos de proporção nuclear

Publicado por: Redação Irã News
Autor:
Publicada em 26/09/2017 às 15:51
Share Button
Foto:
Comandante da Força Naval do Exército iraniano, o Contra-Almirante Habibolá Sayari diz que a construção de submarinos de energia nuclear no Irã está fa faze de estudo e pesquisa.
Habibolá Sayari, disse na segunda-feira que cientistas iranianos estão estudando a construção de submarinos nucleares para aumentar a capacidade de navegação do Irã, tanto no tempo quanto na presença, nas águas livres.
 Quando perguntado sobre o número de flotilhas enviadas pelo Irã para as águas internacionais, o Contra-Almirante disse que, atualmente, mais de 49 frotas da Marinha iraniana estão operando em águas livres do Golfo de Áden para garantir a segurança desta rota naval e manter o poder do país no alto mar; além de enviar entre 6 ou 7 flotilhas, com uma mensagem de paz e amizade, ao Mar Cáspio.
Quanto às reações mundiais à presença do Irã em águas livres, ele disse que, inicialmente, a capacidade do Irã surpreendeu a comunidade internacional, uma vez que essas conquistas foram alcançadas após oito anos da guerra impostos pelo ex-regime Baathist do Iraque ao Irã. Com o passar do tempo, aumentamos o nosso poder, disse Sayari, enfatizando que o Irã tem a força naval mais poderosa da região, especialmente para defender o Golfo de Áden.
O contra-almirante Sayari, enfatizando o papel do Irã na luta contra a pirataria, disse que o seu país é um dos primeiros a declarar a sua disposição para combater a pirataria e contribuir para a segurança nas águas livres; medidas em defesa da economia mundial.
Nos últimos anos, a Força Naval do Irã aumentou a sua presença nas águas internacionais para proteger as rotas navais e garantir a segurança de seus navios mercantes e petroleiros. Nesta linha, a marinha iraniana frustrou numerosos ataques de piratas contra navios-tanque e navios, tanto iranianos como estrangeiros, e acompanhava mais de 2.000 navios comerciais.

Pars Today

Comments

comments

ESPORTE

COLUNISTAS

VIDEOS